Presidente da CNI avalia retomada da economia após a pandemia como desafio

Robson Braga de Andrade, presidente da CNI. Foto: Caio Passos / CNI

O desenvolvimento do Brasil passa pelo fortalecimento da indústria nacional. A avaliação é do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, feita durante a abertura do Encontro Nacional da Indústria (ENAI), na tarde desta terça-feira (17). A 12ª edição estima reunir, em dois dias (17 e 18 de novembro) de painéis e palestras virtuais, cerca de 5 mil pessoas entre representantes de associações e executivos da indústria, especialistas e autoridades para discutir o papel do setor no desenvolvimento do país.

Para o presidente da CNI, mesmo com as medidas emergenciais adotadas pelo governo e o Congresso Nacional, a retomada da economia após a pandemia da Covid-19 é um grande desafio mediante o cenário de dificuldades que requer iniciativas como acesso ao crédito, renegociação de dívidas, incentivo à inovação, adoção de reformas estruturais e incentivo aos investimentos.

Dentre as reformas estruturais necessárias para o avanço da economia, Robson Andrade destaca a reforma tributária como a mais urgente para dar garantia de segurança jurídica. Ele defende uma reforma ampla e geral do sistema tributário, que contemple todos os impostos sobre o consumo e uma alíquota única, com a criação do Imposto sobre Valor Adicionado (IVA).

Anterior

14º CONGESP/RN acontecerá em dezembro

Próximo

IEL, SENAI e SESI oferecem descontos na “Black Friday”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas