Exportações no primeiro semestre de 2020 foram menores, diz FIERN

Foto: Canindé Soares

Conforme o Centro Internacional de Negócios da FIERN, no acumulado do primeiro semestre, as exportações foram 19% menores que as do mesmo período de 2019, excluídos os valores referentes às exportações de itens extraordinários em maio do ano passado, com os quais a redução é de 37,6%.

Commodities como melões, sal, melancias e tecidos de algodão foram os produtos com maiores valores exportados no semestre, com os dois primeiros e melancias com maior percentual dos valores embarcados pré-pandemia. A situação é praticamente idêntica à de janeiro a maio em relação aos percentuais comparativos. Os mercados dos produtos do RN não demonstraram tendência de recuperação e poucos setores tiveram aumento em relação ao ano passado.

As exportações de junho ficaram 13% menores que as de junho do ano passado e 83% maiores que as de maio, um mês com exportações reduzidas. Sal, peixes, produtos animais impróprios para alimentação humana e pedras preciosas foram os produtos com maiores valores exportados em junho.

Anterior

Shoppings de Natal estarão aptos para reabrir a partir desta terça-feira

Próximo

Regras de movimentação de servidores federais são alteradas por Ministério

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas