UPA fecha por falta de assistência do Governo do Estado

UPA de Parnamirim teve que fechar as portas por superlotação. Foto: Ana Amaral – Arquivo PMP

A falta de assistência do Governo do Estado junto à saúde dos municípios tem causado diversos problemas ao atendimento da população. Sem atendimento para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 e sem leitos para a população a UPA de Parnamirim precisou fechar as portas para atender os pacientes. Na Unidade estão 24 pacientes internados, sendo 9 confirmados com Covid-19 e 15 suspeitos.

Por conta disso, para resguardar o corpo médico e os pacientes, a direção decidiu fechar a Unidade até a situação melhorar e poder garantir um atendimento melhor para a população. Essa situação acontece porque o Hospital Regional Alfredo Mesquita, em Macaíba e o hospital João Machado, em Natal, ainda não colocaram para funcionar os 30 leitos de UTI, assim como as 17 enfermarias do hospital de Macaíba.

Anterior

Câmara devolve cerca de R$ 1 milhão à Prefeitura do Natal

Próximo

Biodiversidade urbana é tema da Semana do Meio Ambiente

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas