SENAI-RN desenvolve respirador “Caninga” para auxiliar no combate a pandemia

O respirador mecânico “Caninga”. Foto: Divulgação/SENAI

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) desenvolveu o projeto para a produção de respiradores. O aparelho denominado “Caninga”, que no dicionario popular do Rio Grande do Norte, significa insistente, já encontra-se na fase de testes.

O “Caninga” trata-se de um protótipo de respirador mecânico, aparelho bastante utilizado no tratamento de pacientes com Covid-19, que precisam ser entubados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O equipamento está em avaliação de calibração e testes para, em seguida, ser submetido ao órgão regulador para validação e fabricação em série.

A iniciativa faz parte do conjunto de medidas adotadas pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), que colocou toda a estrutura à disposição do enfrentamento do novo coronavírus no Rio Grande do Norte.

Anterior

Em nota, FEMURN alerta que apoio financeiro “recompõe” apenas parte das perdas

Próximo

Hospital de Campanha de Natal tem alta de pacientes recuperados da Covid-19

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas