Consórcio defende fila única para leitos de UTI nas redes pública e privada

Governadores da região Nordeste reunidos na oficialização do Consórcio Nordeste em 2019. Foto: Fernando Vivas/Governo da Bahia

O Consórcio Nordeste, através do Comitê Científico de Combate ao Coronavírus, recomendou aos nove estados da região que estabeleçam procedimentos de regulação do acesso aos leitos de UTI a partir de critérios técnicos, clínicos e sanitários, com o objetivo de organizar fila única de acesso da população aos serviços de forma universal e igualitária.

A recomendação foi publicada no boletim da última terça-feira dia 5. O documento ainda cita que a regulação deve incluir os leitos da rede própria, dos serviços contratados com as entidades filantrópicas e, ainda, os leitos da rede privada que estão à disposição dos planos de saúde complementar. Ainda é recomendado aos estados que adotem medidas para requisição da totalidade de leitos e definam protocolos de atendimento que permitam o acesso às vagas de UTI por meio de suas centrais de regulação.

Anterior

Comissão de Finanças convida presidente do NatalPrev para próximo encontro

Próximo

Número de mortos pode chegar a 369 em Natal, no mês de junho

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas