Aldir Blanc morre aos 73 anos de Covid-19

Aldir Blanc. Foto: Divulgação/Instituto de Radiofusão Educativa da Bahia

Morreu nesta segunda-feira (4), aos 73 anos, o compositor e escritor brasileiro Aldir Blanc, por complicações causadas pela covid-19, depois de ficar mais de duas semanas na UTI do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe). A morte foi confirmada pela assessoria de Blanc.

Aldir havia sido hospitalizado em 10 de abril, com um quadro de pneumonia, pressão alta e infecção urinária. Uma semana depois, foi confirmada a infecção pelo novo coronavírus.

Formado em medicina com especialização em psiquiatria, Aldir participou de diversos festivais da canção, compondo músicas interpretadas por Clara Nunes, Taiguara e Maria Creuza. Além disso, fez muito sucesso com O bêbado e a equilibrista, fruto da parceria com o músico João Bosco.

Anterior

Brasil atinge 105 mil casos de Covid-19

Próximo

Comissão de Saúde aprova projeto que institui Censo de Inclusão de Pessoas Autistas

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas