Cresce número de mortos por COVID-19 e presidente diz que não faz milagres

Bolsonaro durante a transição governamental. Foto: Rafael Carvalho

O Ministério da Saúde divulgou ontem que o Brasil registrou a maior elevação diária do número de mortes para um único dia. Foram 474 novas mortes confirmadas em 24 horas, totalizando 5.017 no país. Durante a coletiva, o ministro Nelson Teich afirmou que a pandemia do novo coronavírus está ficando mais grave e mais concentrada. Na avaliação do governo, não se trata de um agravamento em todas as regiões do país, mas sim de uma piora nos estados e municípios que vinham se apresentando como focos da doença. O ministro também afirmou que a situação grave em alguns estados não obriga o tratamento igual para todo o país e defendeu medidas de flexibilização.

Questionado por conta do alto número de casos de mortes por COVID-19, em 24 horas, o presidente Jair Bolsonaro disse aos jornalistas: “E daí? Eu sou Messias, mas não faço milagres” Ele também disse que lamenta os números e que quer entregar um Brasil muito melhor do que como recebeu para quem vier o suceder.

Anterior

866 cestas básicas são entregues para alunos da Zona Leste

Próximo

Anvisa libera teste rápido de COVID-19 em farmácias

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas