RN Conectado: Governo quer implantar internet gratuita e de boa qualidade para todo o estado

O objetivo do projeto é beneficiar toda a população com rede de alta velocidade de acesso à internet. (Foto: Marcello Casal Jr)

O Governo do Estado está querendo conectar todo o Rio Grande do Norte (RN) e, para isso, vem dando diversos passos. O projeto Infovia Potiguar possui um planejamento dividido em várias fases e pretende, até o final de 2022, implantar uma rede de alta velocidade de acesso à internet. A ideia é que toda a população do RN seja beneficiada com serviços oferecidos pelo Estado e redes gratuitas de wifi, que serão instaladas, entre outros equipamentos, em praças públicas, escolas e hospitais.

A expansão do projeto – realizado através da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (COTIC), vinculada à Secretaria de Estado da Administração (SEAD) – começou a partir do momento em que ocorreu a migração da infraestrutura de rede de todo o Centro Administrativo para a Rede Giga Metrópole. Essa migração começou no começo de novembro.

Atualmente, 135 escolas estaduais na Grande Natal; 20 unidades da Secretaria da Saúde Pública, incluindo a sede da secretaria e o Hospital Walfredo Gurgel; a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), assim como todo o Centro Administrativo já são atendidos pela Rede Giga. A Rede mantém importante parceria com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED), não só na questão da conexão, mas também no desenvolvimento dos sistemas inteligentes de apoio às polícias Civil e Militar.

A secretária da Administração, Virgínia Ferreira, diz que o objetivo do projeto é expandir o acesso para todas as 609 escolas da rede pública estadual, além da inclusão das Centrais do Cidadão, unidades de saúde, entre outros equipamentos do Estado.

Anterior

Faturamento industrial aumenta 1,3%, diz pesquisa da CNI

Próximo

San Vale e Parque das Colinas receberão obras de saneamento

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas