Pesquisa aponta as intenções dos natalenses durante a Black Friday

Data é esperada por consumidores e lojistas. (Foto: Júnior Santos)

Segundos os dirigentes dos maiores shoppings de Natal, este ano, a Black Friday deve aumentar a venda no comércio varejista em torno de 10%, levando em consideração o mesmo período do ano passado. A Pesquisa “Intenções de Compra para a Black Friday 2019”, realizada pelo Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN), mostra que 59,8% dos natalenses querem a aproveitar a situação para adquirir bens e serviços.

Ainda segundo a pesquisa, é possível concluir que os bens envolvidos variam de valores. Os produtos que as pessoas possuem mais vontade de comprar são: eletrodomésticos (28%); eletrônicos (25,2%); roupas (18%); celulares/smartphones/tablet (16,7%); móveis e decoração (13,4%)/ calçados (10,3%); perfumes e cosméticos (4,1%); produtos de informática (2,3%); entre outros.

Sobre os gastos, verificou-se que 43,2% dos consumidores pretendem gastar amis de R$ 1.000,00. 24,2% esperam gastar entre R$ 500,1 e R$ 1.000,00. 18% afirmam querer gastar entre R$ 200,01 e R$ 500,00. Enquanto que 9,5% têm a intenção de gastar entre R$ 100,01 e R$ 200,00. Apenas 3,1% pretendem desembolsar até R$ 100,00.

Param mais informações sobre essa pesquisa, acessem Tribuna do Norte.

Anterior

Boletim da Balneabilidade analisa praias da Grande Natal

Próximo

Quatro a cada 10 professores do RN não têm ensino superior

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas