Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/customer/www/cabugi.com.br/public_html/wp-includes/class-wp-post-type.php on line 568
STF decidiu: quem pode e quem não pode ser solto? – Cabugi Notícias

STF decidiu: quem pode e quem não pode ser solto?

Eduardo Cunha será mantido na cadeia. (Foto: Wilton Junior)

Além do ex-presidente Lula, que se beneficiou da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em derrubar o encarceramento após condenação em segunda instância, outras pessoas também puderam aproveitar essa situação.

De acordo com os dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), cerca de 4.895 presos possam sair da prisão. 38 presos condenados na Lava Jato têm chances de sair, segundo o Ministério Público Federal. Entre eles,  Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão do ex-ministro José Dirceu, já solto pela justiça e o empresário José Adelmário Pinheiro, conhecido como Léo Pinheiro, da OEA.

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB) não poderá sair, mesmo condenado por segunda instância, pois cumpre prisão preventiva por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de dívidas. O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) está em uma situação parecida.

No mais, nomes como Waldomiro de Oliveira (funcionário de Alberto Youssef), Márcio Andrade Bonilho (sócio da Sanko Sider), Jayme Alves de Oliveira Filho (agente da Polícia Federal), Gerson de Mello Almada (ex-vice-presidente da Engevix), Rogerio Cunha Oliveira (ex-diretor da Mendes Junior), Sergio Cunha Mendes (ex-vice-presidente da Mendes Junior), Enivaldo Quadrado (dono da corretora Bônus Banval), Alberto Elisio Vilaça Gomes (ex-diretor de Mendes Junior), João Augusto Rezende Henriques (lobista/operador do PMDB), Fernando Moura (empresário / lobista), Roberto Gonçalves (ex-gerente de engenharia da Petrobras), Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos (ex-gerente de área internacional da Petrobras) podem ser beneficiados pela decisão do STF.

Fonte: Terra.

 

Anterior

Festival Música Potiguar Brasileira é sucesso em mostrar a cultura local

Próximo

Fragmentos de óleo chegam no Espírito Santo

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas