Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/customer/www/cabugi.com.br/public_html/wp-includes/class-wp-post-type.php on line 568
Empresa grega é suspeita do vazamento de óleo e MPF diz que multa é “Incalculável” – Cabugi Notícias

Empresa grega é suspeita do vazamento de óleo e MPF diz que multa é “Incalculável”

O navio grego Bouboulina, investigado pelo crime de derramamento de óleo. (Foto: C. Plague/Fleetmoon/UOL Notícias)

Hoje (1), a Polícia Federal, através da Operação Mácula, investigou junto com a Marinha, o Ministério Público Federal, o Ibama, a ANP, UFBA, UnB e UECE a mancha inicial do óleo, que estava a 700 km da costa brasileira (em águas internacionais). Assim, foi-se estimado que o derramamento ocorreu entre os dias 28 e 29 de julho. Por isso, a partir de técnicas de geociência, se chegou “ao único navio petroleiro que navegou pela área suspeita”, isto é, uma embarcação grega.

“O navio grego está vinculado, inicialmente, à empresa de mesma nacionalidade, porém, ainda não há dados sobre a propriedade do petróleo transportado pelo navio identificado, o que impõe a continuidade das investigações”, informou a PF.

A Polícia Federal cumpre, hoje, mandados de busca e apreensão às empresas Lachmann Agência Marítima e Witt O´Brien´s, de bandeira grega. A pena, nesses casos, é de 1 a 5 anos de prisão.

Segundo a chefe do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte, a procurada da República Cibele Benevides, a empresa poderá ter de reparar danos morais, ambientais, sociais e econômicos. Se a responsabilidade do desastre for atribuído à ela, de acordo com Cibele, o valor da eventual multa é “incalculável”. Ainda de acordo com ela, por enquanto, “não há indicação de outro navio (…) que poderia ter vazado ou despejado óleo, proveniente da Venezuela”.

Anterior

Linhas de ônibus terão rotas alteradas no Bom Pastor nesse sábado (2)

Próximo

Caminhódromo é inaugurado em Parnamirim

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas