Governo do RN propõe aumento de 23% para militares

O aumento prevê uma redução de distorções salariais. (Foto: Demis Roussos/Governo do RN)

Um projeto de lei foi enviado pelo Governo do Rio Grande do Norte (RN) para aprovação da Assembleia Legislativa. O objetivo é que ocorra um reajuste salarial para policiais e bombeiros militares do estado, reduzindo distorções salariais. Se for aprovado, o aumento será de 23%, sendo parcelado em seis vezes, gradativamente, até 2022.

Além disso, o projeto pretende que ocorra uma redução do tempo para que os militares alcancem promoções dentro de suas corporações. Por exemplo, um soldado da PM que precisa de 10 anos para subir de posto, precisaria de menos tempo, como por volta de 8 anos, de serviço.

Salários

Abaixo, veja como ficará os salários de PMs e bombeiros com o aumento de 23%.

Praças

  • Soldado: R$ 3.571,82
  • Cabo: R$ 4.464,78
  • 3º Sargento: R$ 5.357,74
  • 2º Sargento: R$ 6.250,69
  • 1º Sargento: R$ 7.143,65
  • Subtenente: R$ 8.929,56

Oficiais

  • 2º Tenente: R$ 9.822,51
  • 1º Tenente: R$ 10.715,47
  • Capitão: R$ 12.501,38
  • Major: R$ 14.287,29
  • Tenente-coronel: R$ 16.073,21
  • Coronel: R$ 17.859,12
  • No final da carreira, um coronel pode chegar a receber R$ 23.302,10

Parcelas

Pela proposta enviada aos deputados, fica o reajuste parcelado da seguinte forma:

  • 2,5% a partir de março de 2020
  • 2,5 % a partir de novembro de 2020
  • 3,50 % a partir de março de 2021
  • 3,50% a partir de novembro de 2021
  • 4,50% a partir de março de 2022
  • 4.58% a partir de novembro de 2022

Fonte: G1.

Anterior

SAMU realiza capacitação em Natal

Próximo

Investimentos em educação e cultura são realizados no Oeste Potiguar

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas