MP investiga fraude de R$ 1,5 milhão e ex-prefeito é preso em cidade do RN

Foto: Divulgação / MPRN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou, nesta terça-feira (24), a Operação Cambalacho, que busca apurar um esquema fraudulento que aplicou golpes de pelo menos R$ 1.549.550 no município de Caiçara do Rio do Vento, na região Central do estado. O ex-prefeito Francisco Edson Barbosa e outras cinco pessoas foram presos na ação, que contou com o apoio da Polícia Militar.

Além do ex-prefeito, foram presos preventivamente Marinaldo Amâncio da Silva Júnior e Bruno Ewerton Bezerra Leal, apontados como integrantes do núcleo operacional do grupo criminoso. O ex-secretário de Administração Antônio Laurentino Ramos Neto e a ex-secretária de Finanças Tereza Cristina de Andrade Pereira Barbosa, que ao lado do ex-prefeito integravam o núcleo da administração pública, estão presos temporariamente. Há ainda um mandado de prisão preventiva expedido, mas o alvo não foi localizado e é considerado foragido de Justica.

O grupo é investigado pelos crimes de peculato, organização criminosa, falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica, estelionato e lavagem de capitais, entre outros delitos que ainda estão sendo apurados. Além dos mandados de prisão e de busca e apreensão, a Justiça potiguar determinou o bloqueio judicial do valor de R$ 1.549.550,00 nas contas dos investigados.

Anterior

Prefeitos do RN vão realizar protesto contra diminuição do ICMS

Próximo

Urbana faz mutirão de limpeza em bairros das zonas Norte e Sul de Natal

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas