Iphan nega pedido de tombamento de Hotel Reis Magos, em Natal

O Hotel Reis Magos está fechado desde 1995. Foto: Divulgação/Adriano Abreu

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) negou o pedido de tombamento do Hotel Reis Magos, situado na Praia do Meio, Zona Leste da capital potiguar. A decisão foi publicada nesta terça-feira (3), pelo Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização (Depam/Iphan).

Segundo a avaliação da autarquia, o prédio não apresenta elementos significativos com valor patrimonial em âmbito federal. Para o Iphan, a importância do imóvel é evidenciada apenas em nível municipal e estadual. A nova análise foi feita após o processo ser reaberto a pedido do Instituto dos Amigos do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural e da Cidadania (IAPHACC) do Rio Grande do Norte.

O Hotel Reis Magos foi inaugurado em 1965, como um hotel de luxo em Natal, e está desativado há 24 anos. Hoje, o prédio está em ruínas e a sujeira e proliferação de insetos incomodam os comerciantes e moradores. Em maio de 2019, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região autorizou a demolição do imóvel, mas o Estado do Rio Grande do Norte ainda pode recorrer no TRF e também no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Fonte: Portal No Ar e G1 RN

Anterior

Datafolha: 70% reprovam Eduardo Bolsonaro na embaixada

Próximo

Operação da Secretaria Estadual de Tributação apreende R$180 mil em mercadorias

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas