Conselho de Medicina do RN fiscaliza hospitais e UPAs em Mossoró

Imagem meramente ilustrativa.

Desde a última segunda-feira (22), o Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (CREMERN) deu início a fiscalizações em hospitais, maternidades e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), em Mossoró. A comissão deve permanecer na cidade até esta quarta-feira (24).

Inicialmente, foi fiscalizado o Hospital Tarcísio Maia. A comissão visitou as instalações do prédio, incluindo a obra finalizada de ampliação das UTIS, que agora dependem de equipamentos para funcionar. O presidente da CREMERN, Marcos Lima de Freitas, declarou que existe superlotação no hospital, com mais de 60 pacientes em macas nos corredores. “A unidade também apresenta problemas na sua estrutura física, com infiltrações no teto e nas paredes tornando alguns ambientes insalubres. Falta material para determinados procedimentos anestésicos e cirúrgicos”, disse Freitas.

Além do Hospital Tarcísio Maia e as três UPAs existentes na cidade, também já foram fiscalizados a Casa de Saúde São Camilo e Maternidade Almeida Castro. Após as visitas em outras unidades, nesta quarta-feira serão elaborados relatórios e encaminhados as autoridades competentes para providências. Nesta terça-feira (23), a comissão se reuniu com a secretária municipal de Saúde para discutir melhorias na pasta.

Anterior

Mostra que celebra Frida Kahlo abre sexta-feira (26), em Natal

Próximo

Justiça proíbe RN de inabilitar candidato a doação de sangue por sua orientação sexual

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas